Espião mas sem segredos de onde está

Parece que no Brasil as coisas não são tão secretas assim, ao menos as oficiais. Um usuário do Twitter publicou em seu perfil a agenda do chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

Na agenda estava descrita a visita do chefe do posto da CIA no Brasil, senhor Duyanne Norman ao General Sergio Westphalen Etchegoyen, responsável pelo GSI. Sabia-se que Norman era ligado a CIA, entretanto não se tinha informações quanto a sua qualificação no posto do departamento de inteligência norte-americano aqui no Brasil.

De fato a agenda oficial publica tal encontro, da forma como manda a lei brasileira. Por sorte o chefe do GSI é mais correto que o próprio presidente da República, que segundo ele próprio recebeu um “notório bandido” em sua residência oficial, na calada da noite e sem constar na agenda oficial.

Comentários

comentários